Se você já enxerga a atividade de revenda como um negócio e não apenas como um “bico”, por que continuar vendendo somente da forma tradicional? Uma boa maneira de ampliar os lucros é investindo em marketing para revendedores, ou seja: com um pequeno roteiro que seja adequado a cada público, etapa da venda e produto oferecido.

Funil de vendas é o nome dado a esse conceito. Parece complicado, mas a ideia por trás é bem simples. Entenda melhor sobre o assunto a seguir! 

Marketing para revendedores: o que é o funil de vendas?

Você deve ter uma boa lista de contatos que sejam úteis às suas vendas (pessoas conhecidas, que já foram clientes ou clientes assíduos), mas será que isso é o suficiente? Uma lista, sozinha, não basta para que as vendas aumentem. É preciso que você trabalhe com cada um desses dados de maneira diferente, e saiba os motivos da compra ou não.

Assim, imagine que você tem um produto novo, com funcionalidades novas. Alguns daqueles de sua lista de contatos não devem fazer ideia do que o produto oferece. Tentar vender para eles, de cara, seria uma frustração.

O funil de vendas é o caminho percorrido por um potencial cliente desde o interesse até a efetivação da compra. Ele prevê os estágios de maturação da decisão, desde antes do primeiro contato com o cliente. Dessa forma, o revendedor saberá como se comportar com esse possível comprador, o que e quando oferecer um produto a ele. Funciona assim:

O cliente tem uma necessidade, mas não sabe

O potencial cliente não conhece o produto que você oferece e nem porque ele é bom. Na verdade, ele não sabe nem que precisa dele! É nesse momento em que o vendedor aponta uma necessidade que está ali, mas a pessoa ainda não visualiza.

Por exemplo: imagine que você está vendendo uma linha de cosméticos nova, anti-idade, para pessoas jovens. Ora, porque alguém, aos 20 anos, se preocuparia com isso? Responda educando os clientes sobre a necessidade de se atentar para os cuidados da pele desde cedo, sinalizando a ele que 20 anos é uma boa idade para pensar nisso.

O cliente busca uma solução

O futuro cliente já sabe que precisa ficar atento aos cuidados da pele, mas não entende como fazer isso. Ele está considerando as múltiplas soluções que existem: fazer tratamentos estéticos, melhorar a alimentação, apostar em dermocosméticos.

Agora, você deve atuar como um consultor de verdade. Mostrar os prós e contras de cada opção e todas as alternativas para que ele faça uma boa escolha. Esse é o momento de apresentar a solução, mas sem dar todos os detalhes.

O cliente avalia a solução que você oferece

O cliente avaliou que apostar em dermocosméticos é a melhor maneira de começar a cuidar da pele e está comparando as opções. A linha que você oferece é uma delas, então, você está liberado para falar das vantagens da sua solução, pois o cliente já está educado. É nessa hora que a compra é muito mais provável.

Com o funil de vendas, você não gasta esforço, tempo e transporte com pessoas que não estão prontas para a compra. Além disso, evita frustrações com a solução prometida ou insatisfação com o seu serviço.

O funil de vendas também ajuda no seu marketing. Você saberá que assunto tratar com os clientes, como abordá-los e quando investir em seu poder de convencimento!

Como criar um funil de vendas? 

Inicialmente, entenda seu público. Pegue aquela conhecida lista de contatos e analise quem são aquelas pessoas, onde elas moram, qual sua idade e a probabilidade de se interessar por sua solução. Caso possua um blog ou rede social, você pode oferecer formulários com perguntas para entender melhor o perfil dos seus clientes e potenciais clientes. 

Depois, você deve se preocupar em atrair um público específico, mantendo uma conversa interessante, tanto online quanto offline. Com o blog, é possível postar conteúdos que atraiam o público esperado. 

Por fim, ouça o cliente e foque em suas necessidades. Não tente vender antes do momento certo, especialmente quando trabalhar com produtos voltados para públicos muito específicos. Assim, as vendas ficarão mais fáceis e assertivas!

Agora que você sabe o que é o funil de vendas, que tal conferir sete dicas para vender mais neste começo de ano? Saiba mais!

Marketing para revendedores: entenda o funil de vendas
3.3 (65%) 16 votos