Vender mais no começo de ano é uma tarefa difícil para muitos profissionais. Tradicionalmente, a época é considerada ruim para as vendas no comércio. Isso acontece devido aos gastos excessivos das pessoas com compras de presentes de Natal, viagens de férias e preparações para as festas de fim de ano.

Além disso, existem outras despesas que pesam no bolso do consumidor, como a rematrícula e compra de materiais escolares para os filhos, pagamento dos principais impostos como IPTU e IPVA. Diante desses fatores, é natural que a população comece a reter dinheiro e o movimento no comércio cai.

Mas você pode fazer alguma coisa. Existem táticas que se forem bem aplicadas ajudarão você a virar o jogo e vender mais no começo de ano, ultrapassando qualquer um nessa época. Nós mostraremos cada uma em detalhes. Confira!

1. Prepare uma promoção de liquidação para vender mais no começo de ano

Para atender adequadamente a demanda de vendas no natal, é comum que tenha investido em um bom estoque. Afinal, é melhor sobrar que faltar, não é mesmo? É com esse pensamento que um grande volume de mercadorias acaba sobrando. Para muitos, isso é um problema — principalmente no início do ano. Mas, para você, isso pode representar uma grande oportunidade.

Prepare uma liquidação para os produtos que não foram vendidos na data certa. Você deve abrir mão de uma pequena parcela da margem de lucro para isso, mas vale a pena. O resultado das vendas pode compensar bastante esse esforço, uma vez que fará a mercadoria girar e reforçará o caixa.

Mesmo que não tenha esse estoque, você pode encomendar produtos e simular que tem, fazendo uma mega promoção como se fosse um saldão. Muitos clientes aguardam essa época do ano justamente para pechinchar e isso vai ajudar a vender mais.

Para ter ainda mais sucesso, use frases como “Produtos novos com preços do ano passado” ou “As festas de fim de ano continuam aqui”. São slogans que inspiram oportunidades para vender mais no começo do ano e atraem mais clientes.

2. Aproveite as trocas para vender mais

Muita gente ganha presentes com tamanhos diferentes ou que possuem fragrâncias que não agradam, resultando em muitas solicitações de trocas no começo do ano. Comumente, os vendedores não gostam de fazer esse tipo de atendimento, mas é uma das melhores formas de realizar uma nova venda.

Auxilie o cliente na troca, ajudando-o a escolher o produto certo. Com o seu atendimento, ele pode querer um mais caro e pagar a diferença no caixa, o que é bom para o negócio. Melhor ainda: você pode oferecer produtos que se complementam com um bom desconto e outras promoções, gerando uma nova venda.

3. Tente fechar orçamentos antigos

É normal que na correria de fim de ano alguns orçamentos sejam abandonados para priorizar o atendimento de clientes que realmente tenham a intenção de comprar, certo? As vendas certas são sempre prioridades e muitas negociações ficam pendentes para depois, gerando oportunidades futuras.

Então, passe a anotar ou registrar esses orçamentos para voltar a negociá-los e vender mais no começo de ano, quando terá mais tempo sobrando e maior necessidade de vender. Muitos vendedores não possuem esse hábito, perdendo grandes oportunidades todos os anos.

Acredite, é mais fácil fechar uma nova venda negociando um orçamento antigo que iniciar uma prospecção do zero, pois, assim, você estará retomando o contato que já foi realizado, encurtando o processo de vendas. Se o cliente fez o orçamento é porque precisa do produto e uma pequena motivação deve encorajá-lo a fechar a compra.

O ideal é que se faça um rápido contato com os clientes que possuem orçamento aberto para desejar boas festas. Uma mensagem sem interesses comerciais quebrará o gelo e aproximará mais o cliente. Um ou dois dias depois, faça contato para negociar o que o cliente cotou.

4. Junte produtos e forme kits

Comece a formar kits de produtos que se complementam. Um hidratante acompanhado de um protetor solar com preço melhor do que comprados separados, por exemplo, pode ser uma boa para o verão. Essa tática ajuda a aumentar as vendas pela conveniência aliada aos preços mais atrativos.

E tem mais. Os kits não precisam ser formados necessariamente com produtos complementares. Monte embalagens com 2 ou 3 do mesmo produto e faça uma promoção “pague 1 leve 2”, “pague 2 leve 3”, etc para conseguir vender mais no começo de ano.

O único cuidado aqui é calcular bem os preços para saber se as vendas não te darão prejuízo. Se o intuito for se desfazer de estoque rapidamente, sacrificar mais de 80% da margem de lucro pode ser vantajoso. Mas se o objetivo for lucrar, não pode abrir mão de mais de 50% da margem.

5. Contate sua lista de clientes

Provavelmente você tem uma lista de clientes, certo? Seja em um bloquinho de anotações, planilha eletrônica, agenda do próprio telefone ou aplicativo de celular, segmente por preferências (produtos que compram e formas de pagamento utilizadas) e faça contato para informar sobre as promoções e liquidações que mencionamos nos tópicos anteriores para vender mais no começo de ano.

A dica de enviar uma mensagem sem interesses comerciais antes também deve ser utilizada aqui e, logo em seguida, informe-o sobre as oportunidades que tem para ele, dizendo que foi o primeiro a receber essa notícia por ser um cliente especial. O cliente se sentirá importante, valorizando o seu contato e, mesmo que não compre, vai querer saber o que preparou para ele.

Para isso, faça ligações telefônicas, envie SMS, use chat online, como o Whatsapp, para enviar também fotos e vídeos dos produtos. Esse último meio de contato pode ser muito atrativo para vender mais no começo de ano.

6. Invista em publicidade

Não adianta fazer promoções arrasadoras se o público não tiver conhecimento delas. Então, além de divulgar aos seus clientes da lista, publique as oportunidades nas redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram, Google+ e LinkedIn. Assim, sua visibilidade aumenta e o volume de vendas poder ser grande.

Outra boa alternativa é investir em publicidade paga no Google Adwords para aparecer nas páginas de busca e também para ter um banner exibido nos vídeos do YouTube. Além disso, não esqueça de investir no Facebook Ads, já que é onde, possivelmente, se concentra a maior parte do seu público e você possa vender mais no começo de ano.

7. Use um aplicativo de vendas

Todas essas dicas são muito eficientes, mas demandam tempo e esforço para serem planejadas e implementadas manualmente, além do risco de erros. Isso vai exigir uma boa gestão de clientes, de mercadorias, de finanças e um histórico de compras atualizado para não errar nas estratégias.

A melhor forma de economizar tempo e ter as melhores informações disponíveis é usando um aplicativo próprio para a gestão de vendas. Use a tecnologia a seu favor, adote os melhores recursos e ferramentas como aliados das suas estratégias e comece a vender mais no começo de ano.

Viu? Não é tão difícil. Tudo vai depender das estratégias que escolher colocar em prática. Então, arregace as mangas e mão a obra.

Gostou das dicas? Aproveite a visita para descobrir também como sair da crise financeira!

Vender mais no começo de ano: confira 7 dicas
4.5 (90%) 26 votos