A venda direta é feita pelo contato pessoal entre vendedor e consumidor, ou seja, fora de um estabelecimento comercial fixo. Sabe aquela amiga revendedora de cosméticos que você faz o pedido pela revistinha, ou aquele colega do emprego que vende produtos para emagrecimento ou complemento nutricional? Pois essas pessoas atuam na área de vendas diretas.

Atualmente este é um setor que tem crescido muito no Brasil, já que oferece uma série de vantagens. Neste artigo falaremos um pouco sobre este cenário e daremos algumas dicas para você tirar proveito e lucrar com vendas diretas. Confira!

1. Tenha um objetivo com a venda direta

Todo mundo trabalha por um objetivo, seja ele material, profissional ou pessoal, portanto, é aconselhável que você defina uma meta e se esforce para alcançá-la.

Saber exatamente o motivo do seu esforço vai te ajudar a manter o foco e a motivação, visto que na venda direta você não terá patrão para lhe cobrar resultados, ou seja, seu sucesso depende de seu empenho.

Uma dica é traçar metas possíveis de serem alcançadas e não se cobrar excessivamente, pois atitudes depreciativas acabam gerando desgaste e estresse.

2. Saiba qual é seu público-alvo

Saber para quem você está vendendo é fundamental na área de vendas. Para saber qual o seu público-alvo leve em conta o perfil dos seus clientes e analise fatores de perfil, como gênero, classe social, idade, etc.

Com essas informações em mãos você vai conseguir falar de maneira mais direta e oferecer soluções sob medida para cada caso.

3. Mantenha contato constante com seus clientes

Como a base da venda direta é o contato pessoal entre quem vende e quem compra, manter um relacionamento com sua cartela de clientes ajuda a conhecer melhor o seu público, o que com o tempo acaba gerando um vínculo de confiança entre as partes envolvidas.

Um revendedor que se interessa pela real necessidade do cliente e mantém um contato que vai além do momento da venda torna-se uma referência para o comprador, que tende sempre a se lembrar dele toda vez que precisar de novos produtos.

Uma dica é usar as redes sociais a seu favor, criando uma página no Facebook e/ou um grupo no WhatsApp, pelo qual possa manter seu público sempre bem informado.

4. Consuma o que você revende

Para o cliente o fato de o revendedor consumir a marca que ele apresenta significa confiança no trabalho apresentado, o que gera credibilidade tanto para a empresa quanto para quem está vendendo.

5. Invista em consultoria de vendas

Fazer um curso ou treinamento de consultoria de vendas é uma ótima saída com objetivo de encontrar novos métodos para abordar os potenciais clientes. Por meio dela será possível traçar todo o caminho necessário para cumprir cada objetivo. 

6. Mantenha um pequeno estoque

Ter os produtos à pronta entrega é um grande diferencial para quem atua com vendas diretas. Invista nos produtos que vendam mais ou que possam ser dados de presente, pois sempre aparece alguém em busca deles na última hora, não é mesmo?

Neste artigo demos algumas dicas de vendas diretas que podem te ajudar a aumentar sua margem de lucros e garantir uma renda fixa ou extra no fim do mês.

Siga nossas redes sociais — Facebook, Twitter, Google+ e LinkedIn — e fique por dentro de todas as nossas novidades!

Venda Direta: 6 dicas que vão aumentar seu faturamento!
4.9 (98.46%) 13 votos