Sabe o que é mais bacana na venda direta? Poder prestar serviço para o consumidor sem a interferência de uma empresa ou um chefe. Isso significa que não é preciso abrir um ponto comercial para vender bem e aumentar o faturamento.

Não é à toa que esse setor vem crescendo muito aqui no Brasil. Afinal, essa é a atividade perfeita para você que deseja conquistar a independência financeira. Além disso, é possível escolher os horários para trabalhar. Bom demais, não é?

As marcas também ganham muito com essa parceria, pois é uma ótima oportunidade de expandir os negócios sem precisar fazer grandes investimentos. No fim das contas, é vantagem tanto para você quanto para a empresa e o consumidor final.

No post de hoje, vamos dar algumas dicas valiosas que vão ajudar a turbinar os seus lucros. Confira!

1. Tenha um objetivo com a venda direta

No marketing, atirar para todos os lados compromete o desempenho de qualquer um. Por isso, defina o seu objetivo. O que pretende ao investir a sua energia em venda direta? Saber exatamente o motivo do seu esforço vai ajudar a manter o foco e a motivação.

Lembre-se de que, nessa profissão, não existe patrão para cobrar resultados. Por isso, é preciso ter muita responsabilidade e compromisso. Se o sucesso depende do seu empenho, é fundamental também estabelecer uma meta e se esforçar ao máximo para alcançá-la. Uma dica é mirar em metas reais e não se cobrar demais, pois atitudes como essa causam estresse.

2. Saiba quem é o seu público-alvo

É fato: nem todo mundo vai se interessar pelo seu produto, mas um grupo específico de pessoas com características em comum. Para conhecer melhor o seu público, leve em conta o perfil dos clientes.

Analise fatores como gênero, classe social, idade, preferências etc. Com essas informações em mãos, é possível dialogar de forma personalizada e oferecer soluções sob medida para cada caso. É assim que muitas marcas estão se dando bem.

3. Mantenha contato com os clientes constantemente

Aquele ditado “Quem não é visto não é lembrado” tem um fundo de verdade. Como a base das vendas diretas é o contato pessoal entre quem vende e quem compra, manter um relacionamento com a sua cartela de clientes ajuda a gerar um vínculo de confiança.

Então, organize uma agenda no seu celular. Mande uma mensagem carinhosa para os aniversariantes do dia. Entre em contato também depois que a pessoa adquiriu o produto. Questione, pergunte o que ela achou, puxe conversa.

Um revendedor que se interessa pela real necessidade do consumidor torna-se uma referência, alguém que é lembrado como um amigo prestativo, consultor e especialista no seu ramo de atuação.

4. Consuma o que você vende para aumentar o faturamento

Para ter excelentes argumentos na hora da venda e ganhar ainda mais credibilidade, nada melhor que usar o produto que vende. O cliente vai perceber que as suas palavras são verdadeiras, já que o seu conhecimento e experiência são visíveis.

Se não for possível usar tudo, reúna o maior número de informações a respeito dos produtos para explorar todos os benefícios, cores e texturas. Transmita segurança no que diz, seja honesto e jamais deixe uma pergunta sem resposta: você é o expert!

5. Invista em consultoria de vendas

É sempre bom encontrar novos métodos para abordar os potenciais clientes, até porque vender é uma arte. Nesse sentido, fazer um curso ou treinamento de consultoria em vendas é uma ótima estratégia para renovar os seus conhecimentos.

Quanto mais você aprender, mais aumentam as suas chances de atingir o sucesso. Por isso, invista no aperfeiçoamento das suas habilidades. Todos nós sempre temos algo a aprender, sobretudo quem trabalha com atendimento, pois cada cliente é único.

6. Organize um bom estoque

Ter os produtos disponíveis para pronta entrega é um grande diferencial para quem atua com vendas diretas. Sabendo disso, invista nos itens que têm saída garantida. Tem também aqueles que as pessoas adoram comprar em cima da hora para presentear alguém.

Com o aplicativo Super Revendedores, é possível fazer o controle do estoque no próprio celular. Se você se organizar bem, o cliente não vai ficar esperando um tempo sempre que fizer o pedido. Leve em conta que as vendas podem ser muito boas nos finais de semana e feriados, quando as lojas estão fechadas e o consumidor tem urgência.

7. Utilize as redes sociais para divulgar os produtos

O seu cliente e seus futuros compradores estão conectados à internet praticamente o dia todo por meio do celular. Então, está claro que você precisa marcar presença nas redes sociais para se aproximar deles.

Acontece que isso não pode ser feito de qualquer maneira. Afinal, é preciso transmitir profissionalismo para engajar os seguidores cada vez mais. Portanto, crie perfis nos principais canais que o seu público utiliza.

Dessa forma, publique dicas, informações sobre os produtos, lançamentos, depoimento de clientes que gostaram de um determinado item etc. Aproveite ainda para repostar o material divulgado pelas próprias marcas. Seja bastante criativo para se destacar dos concorrentes.

8. Prepare-se para períodos de alta demanda

Dia do Amigo, da Mulher, dos Namorados, das Mães, dos Pais, Natal etc. Nosso calendário é recheado de datas especiais. Ao mesmo tempo, não é novidade que muita gente deixa para comprar um mimo na última hora.

Seria um enorme desperdício não se preparar para esses momentos e deixar o cliente desapontado, não é mesmo? Quantas vendas perdidas! Olha o prejuízo! Atente para esses momentos, e os seus lucros vão aumentar.

9. Amplie o leque de produtos e marcas oferecidas

Muitos revendedores começam com uma marca ou duas. Depois, ampliam para outras. Às vezes, isso acontece de forma natural. Por exemplo, a cliente que gosta de maquiagem pergunta se você pode conseguir um determinado perfume. O outro que comprou um kit barbeador pergunta se tem um gel para o cabelo da linha X e assim por diante. Quando menos se espera, a oportunidade de vender mais bate à sua porta e o bichinho do empreendedorismo te morde.

Aumentar o mix de produtos faz muito sentido em uma estratégia de vendas, porque todo cliente adora variedade. As mulheres, principalmente, adoram cuidar da pele, dos cabelos, das unhas, do corpo. Elas querem se sentir bem e pagam por isso.

Avon, Natura, Mary Kay, Tupperware, Natura, Jequiti, O Boticário e Eudora são exemplos de empresas que têm produtos de qualidade, com bom marketing e são facilmente vendidos.  

Viu como é possível aumentar o faturamento com vendas diretas? Mire no seu objetivo, conheça a sua clientela, faça contatos, use as redes sociais e outras práticas para arrasar.

Quer descobrir como o organizar melhor sua rotina, relacionar-se com os clientes e superar todas as suas metas? Faça o download gratuito do nosso e-book Guia prático para ser um(a) revendedor(a) de sucesso!

Venda Direta: 9 dicas que vão aumentar seu faturamento!
4.8 (95.24%) 21 votos