Você sabe a diferença entre despesas, custos e gastos na revenda? É muito importante saber a diferenciação entre cada termo desses para conseguir ter maior controle financeiro das suas contas.

Tanto os custos quanto os gastos e as despesas remetem à saída de dinheiro em caixa, ou seja, são pagamentos que necessitam ser feitos. Ainda que similares, esses conceitos têm definições bem distintas.

Por isso, é necessário que todas as pessoas que lidam com finanças e são responsáveis por gerenciar contas, como donas de casa, empresários, revendedores e outros, entendam bem a diferença de cada um.

Ficou interessado no assunto? Então, continue seguindo o nosso post e entenda a diferença entre despesas, custos e gastos.

Despesas, custos e gastos

Realizar operações financeiras é realmente uma tarefa bem complicada, pois qualquer erro pode significar grandes prejuízos. Para que isso não aconteça, é preciso saber trabalhar bem com números, contas e preços. Desse modo, você garantirá o sucesso total do seu negócio. Vamos aprender agora o que é cada um desses conceitos.

Despesas

São os gastos com tudo aquilo que uma empresa necessita para o seu funcionamento. São investimentos feitos em diversas áreas, como marketing, departamento administrativo, comercial, produção. Esse conceito pode ser dividido em duas categorias.

Despesas fixas

São os gastos mensais, aqueles que independentemente da quantidade de produção ou vendas, sempre estarão lá. Podemos citar como exemplos:

  • aluguel;
  • água;
  • luz;
  • telefone;
  • internet.

Despesas variáveis

São despesas que atingem diretamente a lucratividade do negócio. Por exemplo, imagine um revendedor de cosméticos que trabalhe com a venda desses produtos. Nos meses com datas comemorativas, como o Natal, suas vendas aumentam e, consequentemente, seus gastos aumentam também. Isso deve variar de acordo com o seu volume de vendas

Para ter maior controle dessas despesas, é aconselhável que você tenha tudo anotado. Pode ser em uma planilha ou uma agenda.

O importante é que você tenha um material para consulta e faça comparações em relação a determinados períodos. Desse modo, nunca será pego de surpresa com gastos extras.

Custos

São todos os investimentos que um empreendedor precisa aplicar para produzir algum produto ou oferecer algum tipo de serviço. Esses custos podem ser diretos ou indiretos.

Custos diretos

São aqueles que estão ligados diretamente à produção de um item ou necessários para a realização de um serviço. Exemplos:

  • mão de obra;
  • salários;
  • embalagens;
  • rótulos.

Custos indiretos

Não têm ligação direta com o produto ou serviço. Estão mais direcionados ao desgaste com o passar do tempo ou à necessidade de reparação e até mesmo às tributações. Exemplos:

  • impostos;
  • manutenção de equipamentos;
  • limpeza.

Gastos

São valores não previstos no orçamento, mas necessários para a realização dos trabalhos. Como eles são imprevisíveis, não têm como ser repassados para os consumidores. Sendo assim, a empresa deve arcar com esse prejuízo. Temos como exemplos:

  • compra de automóveis;
  • assistência técnica;
  • compra de móveis.

O controle financeiro é a principal ferramenta para quem deseja alcançar o sucesso total em seus negócios. Com foco e organização, o objetivo de aumentar cada vez mais o lucro será atingido. Entretanto, o descontrole das finanças pode fazer com que o seu negócio não dê certo e você ainda pode contrair muitas dívidas.

Agora, é possível que entenda a diferença entre despesas, custos e gastos, ficando mais fácil gerir os seus negócios.

Se você gostou deste post, siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações. Estamos no Facebook, no Instagram e no Youtube!

Despesas, custos e gastos na revenda: entenda a diferença
4.6 (91.11%) 9 votos