Abrir o MEI costuma ser uma boa saída para quem trabalha com revenda de produtos, especialmente porque essa é uma forma simples, rápida e muito barata de conseguir se formalizar e ter os seus direitos garantidos pelo governo. 

No texto de hoje, vamos explicar de maneira bastante didática como você pode abrir o seu MEI, o que ele significa na prática e se realmente vale a pena optar pela formalização. Confira abaixo!

O que é o MEI? Como funciona?

O MEI é o Microempreendedor Individual, ou seja, é como se fosse abrir uma empresa somente sua, sem sócios e com direito a contratar um único funcionário. Se formos analisar, é exatamente o que um revendedor faz: tem seu próprio negócio, muitas vezes em casa e de maneira solitária. 

O MEI vem, então, para suprir essa necessidade de formalizar quem tem renda diferente da CLT e que não tem formação específica, como Engenheiros e Advogados, que podem ser profissionais liberais. 

Como abrir o MEI? 

Abrir o MEI é bastante simples e rápido. Separamos o passo-a-passo caso você tenha vontade de formalizar sua empresa. Anote:

Passo 1

Entre no site do Portal do Empreendedor.  http://www.portaldoempreendedor.gov.br/

Portal do empreendedor

Passo 2

Clique “Quero ser e Formalize-se.”

MEI Quero ser e Formalize-se formulário

Passo 3

Você será redirecionado para o formulário, onde deverá, primeiro, colocar seu CPF. Depois preencha corretamente com o seu nome e com a ocupação. Não esqueça de definir a ocupação que mais se assemelha ao seu trabalho. 

Cadastro MEI formulário

 

Passo 4

Envie seu formulário. Pronto! Você agora já tem um CNPJ. Basta pagar sua contribuição mensal para mantê-lo ativado. 

Como pagar a contribuição mensal? 

É importante citarmos que você deve pagar sua contribuição mensal para que o MEI fique ativo e seus direitos continuem preservados. Para fazer o pagamento, é bem simples:

1- Entre no site do Portal do Empreendedor.  http://www.portaldoempreendedor.gov.br/

2- Clique em “Já Sou” e depois em “Pague sua contribuição Mensal”. 

3- Clique em gerar DAS. Faça o download do boleto e pague até o vencimento. 

Vale a pena ser MEI? Quais são as vantagens?

As vantagens de ser MEI são grandes, especialmente para os empreendedores que estão há bastante tempo no mercado e consolidados na profissão. Separamos algumas vantagens:

Direitos garantidos
Ao ser MEI, você passa a ter direito à aposentadoria e seguro para problemas de saúde. 

Emitir nota fiscal
Se você precisar emitir nota fiscal para um cliente, poderá fazer isso de forma simples e rápida, através do site oficial da prefeitura de sua cidade.

Contratar um funcionário
O MEI tem direito a contratar até um funcionário, sempre pagando pelo menos um salário mínimo. Caso você precise de ajuda ou se os negócios cresceram demais, é possível fazer isso de maneira legalizada, conforme manda a CLT. 

Comprovar renda
Por fim, com o MEI, é muito mais fácil declarar renda e fazer a comprovação. Dessa forma, a revendedora pode aumentar seu crédito na praça e pegar empréstimos, se precisar. 

Lembre-se: o MEI só pode receber até 81 mil reais por ano. Acima disso, será necessário entrar no Simples Nacional.

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe! 

 

Como Abrir MEI? Vale a pena se formalizar?
5 (100%) 2 votos